19 de março de 2011

Depois de mim a catástrofe, a tragédia, o caos e todas as desgraças do mundo

Hoje é o dia do pai - como se costuma dizer não há pai para o grego relativo. Passo a explicar:

1) a campanha eleitoral já começou com o anúncio do aumento das reformas mais baixas. Sim, porque o grego é o maior defensor do estado social no mundo e arredores e quem sabe de Portugal.

2) a culpa do Peque 3195 é do ministro do défice, como disse o comentadeiro político que é presidente da câmara de Olissipo nas horas vagas. Isto serve para ilibar o 1.º e pôr as culpas no ministro. Uma jogada de mestre.

Sem comentários:

Enviar um comentário